25 Outubro 2020

O corretor pode ser um gerenciador de crises?

o corretor de seguros deve agregar ao novo papel de gerenciador de crise

Segundo a advogada especializada em Seguros, Angélica Carlini, o corretor de seguros deve agregar ao novo papel de gerenciador de crise, sabendo lidar com todos os eventos e principalmente, auxiliando seus clientes em casos de sinistros.

 “O segurado e o corretor de seguros devem organizar planejamento estratégico para gerenciar os conflitos. Isso vai muito além de comunicar o sinistro. Existem empresas que já possuem comitê e sala de crise, com estrutura planejada para que as pessoas possam trabalhar logo após a comunicação de um fato de graves consequências”, explica.

Ela acrescenta que o gerenciamento de crise vem ganhando maior importância no mundo contemporâneo e está relacionado a saber como agir em momentos de crises, como por exemplo, acidentes.   

“O corretor é, por excelência, a pessoa indicada para exercer este papel. Porém, é necessário para isso obter conhecimento, através de cursos oferecidos pelo mercado,  e contar com uma equipe de apoio, com advogados, médicos, peritos, entre outros”, conclui Angélica.