19 Setembro 2020

Procura por seguros de carro tem aumento de 11%

A procura por seguros de carro aumentou 11% nos três primeiros meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Bruno Brugarelli, membro da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB-MG, explica que alguns cuidados são necessários para evitar prejuízo em casos de roubo ou acidente.

O especialista alerta para que o consumidor leia o contrato antes da contratação e tire as dúvidas sobre os direitos da cobertura contratada.

...

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

Clube de Corretores de Seguros implanta o Multicalculo MPW da Sistemas Seguros para os seus associados

Clube de Corretores de Seguros implanta o Multicalculo MPW da Sistemas Seguros para os seus associados

O Clube de Corretores de Seguros de São José do Rio Preto - CORRERP, que tem como mentor Sr. Shirtes Pereira, acaba de aderir ao uso do Multicálculo MPW para os seus associados.
 
Na última sexta-feira dia 19/04/13, tivemos um marco histórico para o mercado de seguros, quando estiveram reunidos mais de 40 pessoas, dentre corretores e funcionários, no Auditório da ACIRP – Associação Comercial de S.J. do Rio Preto, para um treinamento de uso do sistema de Multicálculo MPW.
Participaram tambem do treinamento os Gerentes e Assistentes das quatro principais seguradoras (Tokio Marine Seguradora, HDI, Maritima Seguros e Allianz Seguros ) que apoi...

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

Arbitragem de seguros deve ser feita no Brasil

Arbitragem de seguros deve ser feita no Brasil

 

A arbitragem de contratos de seguros celebrados no Brasil deve ser realizada no próprio país, sob os critérios do direito brasileiro. A questão, presente no Projeto de Lei 3.555/2004, da Lei de Contratos de Seguros, foi defendida pelo presidente do Instituto Brasileiro de Direito do Seguro (IBDS), Ernesto Tzirulnik, dia 6 de março, em palestra na APTS.

Na opinião advogado, a arbitragem em outros países envolve riscos como o alto custo, em comparação ao Brasil, e a divergência de interpretação, já que cada país tem regras e leis distintas.

Ele acrescenta que além de proteger a relação entre todos os envolvidos em um contrato, a arbitragem fe...

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

Profissionais liberais aumentam procura por seguro

SulAmérica, que identificou um crescimento na demanda por esse tipo de proteção.

Profissionais liberais buscam cada vez mais proteção ao seu negócio. É o que apontou levantamento feito pela SulAmérica, que identificou um crescimento na demanda por esse tipo de proteção. A cobertura “Escritórios em Residência” ofertada no produto SulAmérica Residencial, cresceu 241% de janeiro de 2009 até setembro de 2012. Estão cobertos por esta garantia os danos causados aos bens dos escritórios como móveis e equipamentos instalados no imóvel do segurado, decorrentes de incêndio, raio, explosão, tumultos, danos elétricos e roubo e furto qualificado. 

“Essa é uma ótima solução para...

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

Lei Seca vira aliada das seguradoras contra motoristas alcoolizados

Empresas não precisam pagar seguro para condutor alcoolizado. Testemunhas, vídeos e fotografias podem ser usados como prova do ilícito.

Levando em conta toda a frota de veículos da Teresina, a estimativa é que cerca de 30% da frota seja coberta por seguro. O valor da apólice pode variar de R$ 1.500 a R$ 8.000. Esse grande número de pessoas está atrás de segurança e economia para não serem surpreendidos na hora de um sinistro, que são os acidentes, roubos, furtos e falhas mecânicas.

Apesar dessa proteção, as seguradoras estão cada vez mais vigilantes em relação a motoristas que dirigem sob o efeito de álcool, já que as empresas de seguro não tem a obrigação de cobrir os prejuízos de um acidente, caso seja comprovado que o condutor estava alcoolizado. As mudan&ccedi...

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

Consumidor mais velho quer seguro e mais novo, telefone, diz Serasa

Na comparação entre essas gerações, a diferença de hábitos consumo é bem distinta, de acordo com a Serasa. Para os veteranos, as seguradoras ocupam o segundo lugar, com 21,2% de suas contratações de serviços, sendo 95% para automóveis.

Estudo considerou perto de 1 milhão de consultas feitas pelas empresas.

Busca por crédito em bancos está em primeiro lugar em todas as gerações.


Uma pesquisa da Serasa Experian sobre diferenças de consumo de crédito e serviços entre as gerações no país mostra que, enquanto os consumidores mais velhos optam pela contratação de seguros, principalmente de carros, os mais novos buscam comprar serviços de telefonia. O levantamento, divulgado nesta sexta-feira (18), considerou cerca de 1 milhão de consultas realizadas pelas empresas de todo o país na Serasa Experian no primeiro semestre de 2012.


Continue Lendo...


19 Setembro 2020

’’Café com Seguro’’ ANSP discutirá o Código Genético e o Seguro

O evento é gratuito e as inscrições estão abertas. No entanto, as vagas são limitadas.

A Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) realiza na próxima terça feira (22/01) o debate “Café com Seguro”, que este ano aborda o tema Código Genético e o Seguro. O evento, que está em sua terceira edição, será realizado das 8h30 às 10h30 na sede da Academia em São Paulo, dando inicio as atividades de 2013.

Antes do debate, será feito o credenciamento e o tradicional café de recepção. Logo em seguida, o presidente da Academia, Mauro César Batista,dirige a abertura do ciclo.

Os convidados deste ano apresentaram os seguintes painéis:

1º Painel: Dr....

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

Seguro saúde empresarial oferece pacote de vantagens

No Brasil, esse tipo de seguro vem crescendo desde 2004, substituindo uma fatia significante dos planos individuais por empresariais.

Saúde é fundamental e, pensando em seus colaboradores, muitas empresas têm recorrido ao seguro saúde empresarial. Há seguradoras que disponibilizam um amplo pacote de benefícios como cobertura ambulatorial, hospitalar e obstetrícia para todos os segurados, além de menores preços e menor tempo de carência.

 

Entretanto, cada companhia trabalha com planos diferenciados e, além disso, cada assistência à saú...

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

CNSP cria regras mais rígidas quanto aos recursos do DPVAT

A medida também inclui pessoa jurídica cujo presidente, diretor ou sócio que detenha mais de 5% das ações com direito a voto que seja parente de algum membro da alta administração do consórcio.

O Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) acolheu proposta do superintendente da Susep (Superintendência de Seguros Privados), Luciano Portal Santanna, através da Resolução nº 273, e alterou e consolidou as normas do DPVAT.  O objetivo foi estabelecer regras mais rígidas para administração dos recursos provenientes do seguro, criando mecanismos com maior eficiência de controle e fiscalização dos gastos em relação às despesas administrativas da Seguradora Líder.

O CNSP vedou quaisquer doações e patrocínios que não estejam diretamente relacionados com os objetivos operacionais e institucionais do Seguro DPVAT. O Conselho...

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

Seis seguradoras do GRUPO BB E MAPFRE têm aval para Microsseguros

O Grupo Segurador Banco do Basil e Mapfre já tiveram seis seguradoras com aval da SUSEP

Data: 07.01.2013 - Fonte: Último Instante 

As empresas têm por foco distribuir os produtos via corretoras, rede bancária e parcerias com redes de correspondentes.

O Grupo Segurador Banco do Basil e Mapfre já tiveram seis seguradoras com aval da SUSEP para operar microsseguros em todo o território nacional.

As seguradoras MAPFRE Seguros Gerais, Companhia de Seguros Aliança do Brasil, Mapfre Affinity Seguradora, Vida Seguradora S.A e a MAPFRE Vida S.A podem captar microsseguros de pessoas macionalmente.

Já a Aliança do Brasil Seguros está habilitada para danos e pessoas.

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

Executivo prevê crescimento de 25% em carteira de Riscos de Engenharia da Berkley

“A busca por esta modalidade de seguro pode ser explicada em função da localização das obras serem dentro dos grandes centros urbanos, onde existem as maiores exposições de risco”

Data: 03.01.2013 - Fonte: CQCS | Crislaine Cambuí

 

Com a chegada das grandes obras, a expectativa de crescimento da carteira de Riscos de Engenharia da Berkley prevê crescimento de 25% até o final de 2012. Segundo o gerente Comercial da Filial de Porto Alegre, Julio Cesar Kerpp Fraga, existe um volume maior de contratações, para obras de todos os portes. “A busca por esta modalidade de seguro pode ser explicada em função da localização das obras serem dentro dos grandes centros urbanos, onde existem as maiores exposições de risco”,destaca.

Nesse contexto, ele falou que visualiza um amplo crescimen...

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

Parcelamento do Seguro DPVAT inicia em 2013

No Brasil, todo cidadão que sofre um acidente de trânsito, seja pedestre, motorista ou passageiro, tem direito ao Seguro DPVAT nos casos de morte (R$ 13.500), invalidez permanente (até R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e hospitalares (até R$ 2.700).

A partir do dia dois de janeiro de 2013, os proprietários de motocicletas, vans, ônibus e micro-ônibus poderão pagar o Seguro DPVAT em três parcelas. O benefício não será válido para veículos 0 km. As demais categorias, como carros e caminhões, não poderão dividir o seguro, visto que a parcela mínima é de R$ 70,00. O parcelamento também não vale para os vencimentos anteriores, ou seja, os seguros atrasados devem ser pagos à vista. A opção de dividir o valor será facultativa, porém os proprietários de veículos que decidirem pelo parcelamento e não cumprirem com o prazo esta...

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

CNSP regulamenta parcelamento do seguro Dpvat

O prêmio desse seguro, de qualquer categoria, poderá, nos estados em que haja parcelamento do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) ser parcelado em até três parcelas.

A edição desta sexta-feira do Diário Oficial da União publica a Resolução 266/12 do CNSP que estabelece regras para o parcelamento do prêmio do seguro Dpvat.

De acordo com a norma, o prêmio desse seguro, de qualquer categoria, poderá, nos estados em que haja parcelamento do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) ser parcelado em até três parcelas, iguais, mensais e consecutivas, observado o valor mínimo de R$ 70,00 por parcela do prêmio.

O custo da emissão e da cobrança da apólice ou do bilhete do Seguro Dpvat deverá ser parcelado, em partes iguais, em conjunto com as parcelas do prêmio.

<...

Continue Lendo...


19 Setembro 2020

O corretor pode ser um gerenciador de crises?

o corretor de seguros deve agregar ao novo papel de gerenciador de crise

Segundo a advogada especializada em Seguros, Angélica Carlini, o corretor de seguros deve agregar ao novo papel de gerenciador de crise, sabendo lidar com todos os eventos e principalmente, auxiliando seus clientes em casos de sinistros.

 “O segurado e o corretor de seguros devem organizar planejamento estratégico para gerenciar os conflitos. Isso vai muito além de comunicar o sinistro. Existem empresas que já possuem comitê e sala de crise, com estrutura planejada para que as pessoas possam trabalhar logo após a comunicação de um fato de graves consequências”, explica.

Ela acrescenta que o gerenciamento de crise vem ganhando maior importância no mundo contemporâneo e est&aacut...

Continue Lendo...